Cia. Bravia

25/10 | 19h | Porto Dragão - Fortaleza
ANO DE 
CRIAÇÃO
2022
DURAÇÃO
60 min
CLASSIFICAÇÃO
INDICATIVA
14 anos

Solo do meu interior

Uma mulher percorre seu território de pertencimento em busca das práticas e sabedorias ancestrais afro-indígenas das mulheres do seu interior. Uma jornada física e espiritual. Um discurso documental e político

Criação e atuação Marina Brito | Musicalidade Letícia Marram | Colaboração de Andrea Bardawil, Kay Sara, Circe Macena e Herê Aquino | Iluminação Aline Rodrigues | Cenário Marina Brito | Voz na língua tukano na paisagem sonora Kay Sara | Produção Marina Brito | Realização Cia Bravia

A Companhia de Teatro Bravia foi criada por mulheres artistas pesquisadoras que buscam e acreditam no protagonismo feminino em seu processos criativos, entendendo o teatro como um lugar de construção artistica, de encontro e de ação política.A companhia é composta, atualmente, por oito artistas : Aline Rodrigues, Liliana Brizeno, Herê Aquino, Marina Brito, Marina Brizeno, Gigi Castro, Leticia Marram e Fernanda Azuka que se dividem nas funções técnicas e artísticas dentro da companhia.Foi em 2019, que cinco amigas artistas da cidade de Fortaleza, que já haviam trabalhado juntas em outras criações artísticas, sentem a necessidade de realizar um trabalho juntas novamente. Quando iniciam as pesquisas, no início de 2020, o contexto da pandemia da COVID-19 interrompe os encontros presenciais. Então, através de encontros virtuais, continuam fortalecendo a pesquisa e o desejo de se tornarem uma companhia. Assim nasce a Cia Bravia, por definição, mulheres bravas, revoltas que não se deixam serem domadas.    

VOLTAR