Mostra

Embalando a Terra a Vácuo

Coletivo Formigas (CE)

2018 | 15min | Livre

Inspirados nas formigas e em suas relações sociais, desenvolvemos uma pesquisa para criação cênica através de investigações técnicas e corporais em dança, assim como interlocuções com outras linguagens, como o teatro e a performance. Evidencia-se o questionamento sobre a venda e o consumo do corpo na cultura pop, e como este é comercializado de forma tóxica. Buscam-se questionamentos sobre os estigmas de disciplina, transfigurando comportamentos sociais e desgastando tensões causadas pela cultura mainstream. Consciente da manipulação presente na indústria cultural, trazemos à cena imagens fragmentadas de corpos que perambulam juntos entre o real e o virtual, numa Terra reconfigurada.

Desde sua fundação, no percurso formativo do Curso Técnico em Dança, o Coletivo Formigas estimula análises sobre culturas de massa e suas possíveis desconstruções e ressignificações. Tem como diretor Sergio Cavalcanti, licenciado em Teatro pela UFC e bailarino da Companhia Leandro Netto, tendo trabalhado com o coreógrafo Leandro Netto desde 2015. O projeto Embalando a Terra à Vácuo surge como processo independente, sendo desdobramento do primeiro trabalho experimental coletivo, intitulado Seleção Artificial, em 2017. Foram apresentados recortes cênicos na I Mostra de Dança UFC e em curta temporada na Programação Experimental Porto Dragão, em 2018.

Sponsors